top of page

3 passos infalíveis para um relacionamento saudável e feliz

Certamente, assim como eu, você já viveu alguma decepção amorosa.

Dependendo de qual é sua ferida emocional e seu traço de caráter (entenda mais clicando aqui), você vai enfrentar essa decepção de maneiras diferentes.


Se sua ferida emocional é a da rejeição, sua tendência é de escapar no mundo da mente, criando cenários mais felizes do que a realidade que você vive. Se a sua ferida é a do abandono, de duas uma, ou você vai descontar em alguma coisa, por exemplo na comida, para tapar o buraco no seu peito, ou vai fazer qualquer coisa pra ficar perto de alguém (talvez, inclusive se manter na relação só pra não ficar sozinha).

Se a sua ferida é a traição/exclusão, sua tendência vai ser de se tornar dura e rígida, no jogo do "pego, mas não me apego"... e assim vai.


Mas com conhecimento de causa, de quem já passou por inúmeras desilusões amorosas, e hoje vive uma relação muito saudável e madura, eu te garanto que dá pra ser diferente.


Você tem que passar por 3 passos para fazer isso acontecer.


Passo 1: Consciência


Se eu te perguntar agora se você realmente se conhece, o que você me responderia? O que é importante pra você? Quais são seus valores inegociáveis? Porque você se comporta da maneira que se comporta? Porque você faz as escolhas que você faz? Inclusive, porque até hoje você teve problemas nos seus relacionamentos. O que você me responderia?


Autoconhecimento é um passo crucial para você ter uma relação saudável. Entender quem você é e como você funciona te permite tomar decisões muito melhores e parar de repetir padrões.

É como entrar na cabine de um avião e ter o manual de instrução para saber exatamente o que cada botão faz. A viagem é mais segura e mais rápida, já que você não vai ficar ali na tentativa e erro.


Como ganhar consciência?

Conteúdos como esse já te ajudam a se olhar de maneira diferente. Além disso, você pode continuar com livros e vídeos ou com a ajuda de um profissional.


Livro recomendado: As 5 feridas Emocionais

 

Eu posso te ajudar nisso com uma análise corporal. Clique aqui para ver como funciona e para agendar um horário comigo.

 

Passo 2: Postura


Ao ter consciência de si mesma, saber como você funciona e começando a tomar melhores decisões, é natural haver uma mudança de postura e de comportamento.


Sem a consciência, sua postura é no piloto automático. Você se comporta de maneira instintiva e sem tanto critério.


Se hoje você vive situações repetidas, padrões que acontecem de novo e de novo e de novo, além de ter consciência de que isso está acontecendo, certamente é necessário algum ajuste de postura e comportamento.


Por exemplo, quando você se envolve com alguém e, depois de um tempo tudo esfria e a pessoa fala que achou que você estava desinteressada, mesmo por dentro você achando que estava ali se abrindo pra pessoa.


Ou quando você se doa demais na relação, faz muito pelo outro e fica ressentida por aquilo.

Ou ainda quando você entra no lugar de mãe do seu parceiro, corrigindo, ensinando, fazendo por ele, não respeitando o tempo dele e achando que você faria melhor.


Tudo isso e muitos outros exemplos de postura vão contribuindo pra que a gente não tenha sucesso na relação. Identificar e mapear esses comportamentos são vitais para a construção de uma relação saudável e feliz.




Como mudar sua postura?

Este passo precisa do anterior para ser efetivo. Você precisa ganhar consciência sobre você e como você se comporta para identificar as mudanças que são necessárias.

Um diário é uma forma muito interessante de perceber o seu comportamento e as consequências deles.